travessia excecional

Type MH

Type MH
1924
scroll

ACEITAR

O DESAFIO

Nos anos 20, atravessar África - e consequentemente o Sara - continuava a ser um desafio técnico. Enquanto a Citroën optou por carros sobre lagartas para conseguir este feito, a Renault decidiu utilizar um veículo de 3 eixos com rodas pneumáticas de baixa pressão. Este será o Renault Type MH, que deriva do Renault Type KZ, o modelo de série.

1924

espírito

DUELO

AO SOL

A 15 de novembro de 1924, a Renault iniciou a sua travessia de África, partindo de Colomb-Béchar (Argélia), com o objetivo de chegar à Cidade do Cabo (África do Sul). Na véspera tinha partido a Citroën para fazer o mesmo trajeto. Ambos os construtores estão a competir neste percurso de 23.000 km.

interior

SEMPRE

A ROLAR

Ao optar por rodas de pneus "clássicos" em vez de lagartas, a Renault tem uma clara vantagem sobre a concorrência. Isto porque a fiabilidade, a velocidade e o consumo são melhores. Em termos de motorização, o Renault Type MH está equipado com um motor de 4 cilindros em linha de 2.120 cc a debitar 10 cv. Este motor, combinado com as rodas de pneus, permite uma velocidade máxima de cerca de 50 km/h.

Tocar na viatura para começar a explorá-la
360°

faixa original

OUÇA

ESTE FLOW

Os sons africanos e os rigores do deserto podem fazer eco nos sons do Renault Type MH e do seu motor De Dion-Bouton.

arquivos

FOTO

COMPROMETEDORA

A história conta que as duas expedições da Renault e da Citroën, concorrentes diretos, se encontraram no meio do deserto, mas nenhuma fotografia que ilustrasse este facto era conhecida... até à descoberta, há alguns anos, de um álbum de fotografias à venda num stand de automóveis clássicos franceses. Ao folhear este álbum de fotografias, a equipa da Renault Classic teve a imensa surpresa de descobrir as imagens "proibidas" deste encontro histórico!

estilo

À DÚZIA É

MAIS BARATO

Uma pequena história para brilhar com os amigos: Com os seus 3 eixos, Renault Type MH foi apelidado de "6 rodas". Na realidade, o Type MH não tinha 6, mas sim 12 rodas! De facto, cada um dos 3 eixos tinha rodado duplo em cada lado.

características técnicas

MONOCILINDRO

DE DION-BOUTON

  • desempenho e motorização

    monocilindro de Dion-Bouton

    4 cilindros em linha

    2.120 cc, 310 CV

    caixa de 3 velocidades com desmultiplicador em 2 posições + marcha-atrás

    cerca de 50 km/h

  • dimensões
    comprimento 4,28 m
    largura 1,92 m
    altura 2,35 m
  • arquitetura

    propulsão com motor dianteiro. 2 eixos de tração traseiros

    carroçaria torpedo montada sobre chassis separado, com 3 eixos de transmissão

The Originals Store

À PROCURA

DE AVENTURAS?

Quer seja um fã da Renault ou apenas um entusiasta de automóveis clássicos, há algo para todos.

explorar
The Originals