uma demo real

Laguna Concept

1990
scroll

PALAVRA DE

ORDEM: PAIXÃO.

Em 1990, a Renault apresenta no Salon de Paris o seu Concept Car Laguna ou Laguna CC, uma vitrine tecnológica e reveladora de paixão. Pretende-se que o concept-car seja lúdico e desportivo, descomprometido e livre, com um motor de 2 l e 210 cv,

1990
Twinner_laguna_001
Twinner_laguna_002
Twinner_laguna_003

espírito

VANGUARDISTA

Sendo a paixão e a tecnologia o cerne do Renault Laguna CC, o veículo é um concentrado de inovações, sobretudo no campo da segurança. O Renault Laguna CC é assim equipado de um chassis tubular à frente para absorver os choques em caso de acidente e de um chassis tubular atrás no apoio do motor e outros elementos mecânicos. Entre os 2 chassis tubulares está um célula composta em favo de mel. O Renault Laguna CC apresenta também uma estrutura de segurança única, retrátil, que pode abrir em apenas 2 décimos de segundo, em caso de necessidade. Resultado: um visual refinado e ampliado, evitando as desarmoniosas estruturas de segurança fixas, usuais nos cabriolets da época.

Twinner_laguna_004

interior

ESTILO

RETRODUTURISTA

O que distingue imediatamente o Renault Laguna CC é a ausência de um verdadeiro para-brisas (este estudo inspirará, aliás, um outro modelo sem pára-bridas, o Renault Spider). Para fazer face a isto, a marca propõe aos ocupantes capacetes específicos: os capacetes “cruising stéréo”, com faixa futurista para ver e auscultadores a difundir uma música eletrónica (sim, pode pensar em Daft Punk!).

Twinner_laguna_005
Tocar na viatura para começar a explorá-la
360°

faixa original

OUÇA

ESTE

FLOW

Imagine que tem o capacete futurista do Renault Laguna CC para descobrir os sons deste concept-car.

características técnicas

1 EXEMPLAR

  • produção

    1 exemplar

  • desempenho e motorização

    250 km/h

    4 cilindros em linha turbocomprimidos

    1995 cm3

    210 cv

  • dimensões
    comprimento       4,11 m
    largura       1,83 m
    altura       0,99 m
  • arquitetura

    - pequena “bandeja” desportiva sustentada por dois chassis tubulares

    - motor atrás na posição central

    - sem para-brisas

The Originals Store

COMPRAS PARA

APAIXONADOS

É tão apaixonado pelo automobilismo que merecia um diploma? Então escolha entre os produtos da boutique Renault.

herança

CONCEITO ÚNICO

Se o Renault Laguna CC não chegou a ser um veículo em série, a sua arquitetura sem para-brisas inspirou o modelo Spider Renault Sport, lançado em 1996. Além disso, em 1994, a marca apresentará o seu concept-car Argos, igualmente uma saída de “bandeja” de dois lugares, mas que tinha como objetivo mostrar as orientações estilísticas da Renault para os anos porvir. Em 1996, é a vez do concept-car Renault ZO, um pequeno roadster equipado com um proteção contra o vento mais do que um para-brisas (consegue ver a linha que os distingue?). Enfim, esquecendo desta vez o lado design (com a ausência de para-brias e o aspeto “bandeja”), o nome Laguna será retomado, para a berlina que substituirá o Renault 21 a partir de 1994 e durante três gerações.

explorar
The Originals